sexta-feira, 8 de julho de 2011

Olhe, o mundo está caindo, e parece que hoje ele vai descer até os meus pés. Mas até lá, já não vou mais existir, e talvez nem meus filhos.

2 comentários:

Diego Marques disse...

Puxa profundo!
Essa é uma realidade tragica

Lií disse...

Infelizmente sim .-.