quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Sabe, quando tem momentos, não momentos bons ou ruins, mas momentos que você não sente praticamente nada, por mais que queira, você não consegue pensar em uma maneira de parar, de ser tão fria com alguém, de querer sorrir, mas não conseguir por que nada, nada mesmo, consegue sair de dentro de você?
Claro que existem motivos para nós (eu) estarmos assim, mas, é tão estranho tentar descobrir o porquê, desse motivo. Às vezes é a nossa família, nossos amigos, nossas atitudes, nossos pensamentos, que por mais que sejam  bons ou ruins, sentimos uma ponta de vontade de querer sumir de tudo, justo quando parte de tudo isso, começa a desmoronar, e você pensa como será sua vida adiante, não adianta lutar, nem ao menos tentar levantar a cabeça, tudo, continua em declínio.
Sinto-me perdida num mundo que não criei, numa felicidade que não vivi, em pessoas que não estão aqui, e por mais que eu tente sorrir para alegrar aos outros, ele parece tão vazio, que nem faz diferença. Eu só queria entender o porquê, de eu estar assim, o porquê das coisas acontecerem de tal forma, e o porquê de não termos apoio de quem deveria estar do nosso lado... Eu só queria um abraço de verdade, um sorriso de verdade, uma palavra sincera, fugir um pouco de tudo.

Nenhum comentário: