domingo, 7 de novembro de 2010

Transtorno do comer compulsivo


"A doença caracteriza-se pelo consumo de grandes quantidades de alimentos e perda do controle, sem o comportamento compensador como a indução de vômitos ou abuso de laxantes, como é visto na bulimia nervosa, outro distúrbio alimentar.
O transtorno atinge principalmente mulheres nas idades de 20 a 30 anos, tendo a prevalência de 1,8 a 2% da população, que como se pode notar é um transtorno freqüente.
Nos EUA, é conhecido como "binge eating" (ou orgia alimentar), devido aos episódios de comer compulsivo serem freqüentemente no período da noite, onde as outras pessoas não estão para censurar, e comem até se sentirem empanturradas, seguido de sentimentos de culpa, ansiedade, raiva do ato de comer, perda do controle do próprio corpo e vergonha.
As pessoas costumam ser obesas, devido à sua ingestão alimentar ser muito superior ao seu gasto energético. A doença está freqüentemente ligada à uma situação onde o doente não tem controle das suas emoções.
O transtorno freqüentemente está associado a outros transtornos, principalmente de ansiedade. Os tratamentos até agora empregados são feitos com os antidepressivos, terapia comportamental-cognitiva, terapia interpessoal e programas para redução do peso corporal.
Tendo em vista as várias doenças relacionadas com a obesidade que essas pessoas estão propensas, como hipertensão, diabetes tipo 2 e dislipidemias (aumento das gorduras sangüíneas) juntamente com o descontrole no hábito alimentar, é fundamental o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar com médico, psicólogo e nutricionista para evitar os episódios de comer compulsivamente e da mudança gradativa nos hábitos alimentares."   

Bem, eu postei isso, por que, foi um dos temas de uma questão do ENEM, e eu realmente me interessei. Comer,Comer, e comer mais, que mal tem?

Nenhum comentário: