quinta-feira, 3 de junho de 2010

Somos Loucos.

As pessoas, talvez sejam consideradas loucas, sem explicação, malucas, fora de rumo, mas, será que nós não temos um pouco disso? Podemos afirmar que o louco seja aquele que diz, que nunca vai gostar de ninguém, que pouco se importa com o que as pessoas sentem, que quer apenas vivenciar a vida, o dia, a cada instante. Ou seja louco, aquele que busca, investigar coisas fora do normal, busque um explicação para a "loucura humana" ou o simples, fato, de terem sidos "criados" crenças, de se acreditar em algo " do além", de querer descobrir o novo, do antigo, de querer solucionar o mundo, tentar resolver os problemas, de querer criar um novo mundo.
Que diabos estamos fazendo? Julgamos tanto as pessoas, mesmo que não a conheçemos, ou á conheçemos, acabamos julgando elas, mas, quando somos julgados, nos achamos no direito de gritar e dizer "Pare!, você está errado." é, mas, você também poderia estar, não é? É tão fácil julgar, mas é muito complicado estar fazendo parte daquilo, de ser julgado.
As pessoas abaixam a cabeça, quando são criticadas, quando são ignoradas, quando não são entendidas, mas, não é bem assim que funciona, eu queria um mundo um pouco mais realista, mas, talvez, o otimismo e o pessimismo ajudem um pouco, a criar uma realidade, talvez mais verdadeira do que muitas.
Somos loucos, de imaginarmos coisas, somos loucos, de querermos futuro, somos loucos, de gostarmos de música, somos loucos, por queremos independecia, somo loucos, por querermos mudar algo. Talvez, sejamos mesmo, por que, quando alguém, desvaloriza nossos costumes, nos achamos no direito de criticar tudo, de dizer que essa pessoa está errada. Mas não, é uma questão de gosto, de ser louco, de uma forma diferente. Mas, tem aqueles que se adquão á forma de cada um, e aqueles, que nunca mudam.
Todos nós temos um pouco de louco, todos nós criticamos, todos nós erramos, aprendemos, nos transformamos, nos tornamos, mas talvez, não crescemos, apenas aprendemos, mas, não pensamos, somos loucos, por julgar algo, mas não usar as palavras certas, somos loucos.
Sim, somos loucos, por que, a maioria de nós apenas diz, não faz, não sabe impor realmente, o que queremos, nos julgamos espertos, mas não, por que não usamos palavras, apenas xingamos, e excluimos os outros. Somos loucos.

2 comentários:

Jvelvet disse...

bacana seu blog
sucesso

brasilmmo.com

Love and Peace, or else... disse...

Um dia John Lennon disse... "Beethoven, Van Gogh, todos eles: se tivessem psiquiatras nós não teríamos esses gênios."

Louco é aquele que se arrisca pelos outros. Eu adoro pessoas loucas, e eu talvez seja uma dessas pessoas.

Parabéns pelo texto!