sexta-feira, 11 de junho de 2010

Beijo.

Uma demonstração de afeto, que envolve uma parte do teu corpo, uma forma de sentimento, um gesto de carinho. Os lábios se precionam uns contra os outros, as mãos percorrem o corpo, os olhos se encontram após uma breve pausa, um sorriso saí, a atividade volta, os lábios se encontram se torna tudo maravilhoso.
Mas, quando, não há sentimentos, não tem o por quê de você simplesmente, "botar" a sua boca, na uma de um desconheçido, qual é a graça? a de emagrecer?. Simplesmente, beijar alguém, é para saber que no dia seguinte aquela pessoa também vai estar pensando naquele beijo, vai ficar tocando seus lábios com as mãos, apertando o travesseiro, sonhando com que aquilo aconteceça denovo.
É uma boa sensação, que domina todo o corpo, que nos torna ativo, que nos deixa feliz, mas não beijar por simplesmente beijar, beijar, para saber, que vocês tem algo em comum, que se gostam, que querem denovo, que vão experimentar isso.
Não há razão, de beijar alguém, só para saber se esse alguém beija bem, ou simplesmente, se ele vai fazer algo a mais com a boca, o que importa, é saber a ação e a importância que tem esse beijo, saber, que nenhum dos dois vai o esqueçer.
Desvalorizar um beijo, é como, banalizar todos os sentimentos, no mesmo instante, e esqueçer que você é um ser humano, que odeia sofrer, e se você gostar, não faça o mesmo com os outros, ninguém precisa se iludir, por você.