segunda-feira, 21 de junho de 2010

Abandonar.

É tão difícil ver que uma pessoa, que já esteve do seu lado, te fazendo feliz, estar do lado de outra pessoa, passando aquela mesma mensagem de felicidade.
Mesmo que seja duro, rever todas aquelas fotos, e lembrar que tudo foi tão glorioso, é preciso "largar a mão" de tudo. Mesmo que isso te acarrete numa longa depressão, acredite, é temporário. Você pode, mas não chore, não se esqueça, você fez o possível para aquela pessoa ser feliz.
Abandonar algo, é tão difícil e duro, que te deixa com um vazio no peito, mesmo que seja temporário, as imagens vêm, os pensamentos voltam, a felicidade se torna em lágrimas, o coração bate, e seus presentes ali guardados, talvez devam voltar para o lixo, devam sumir, assim como você.
Esqueçer, abandonar, é difícil, mas não impossível, pode doer, mas é o melhor, a sua felicidade em primeiro lugar. Botar a mão no peito, sentir o coração exclamando por tua volta, mas pense, não, você não pode voltar, jogue tudo para o alto, e se esqueça que um dia fez feliz essa pessoa, viva uma vida nova, mas não espere o fim do ano chegar, para fazer metas, começe desde já.
Abandone, tudo que te traz saudade, e que te dá vontade de errar, deixe, que tudo se torne, mas não faça de tudo uma "bola" de saudades e recordações, refaça ela, recomeçe do zero, e delete a maioria das coisas. Mas não deixe de lado, os seus amigos, sim, eles que fizeram grande parte dessa "bola" e ainda vão fazer.
Então, abandone. Mas, não se reprima, um dia, tudo volta em dobro, e você vai ficar ainda mais feliz. Mesmo que demore, acredite.

Nenhum comentário: