terça-feira, 29 de junho de 2010

Preconceito

Seja ele de cor, de estilo, de opção sexual, de corte de cabelo, de estilo de corpo, não deixa de ser preconceito.
Todo mundo tem defeitos, mas quem assume algo, provem a ser e a fazer merecer tal opção, não se torna apenas um ser com opinião, impõem tal fato. Agora, aquele, que apenas julga algo pela simples aparência, ou pelo fato de ter uma opinião diferente, nada é.
O ser humano, foi feito, e cresceu de forma que viesse a mudar, que escolhe-se algo diferente, que tivesse opinião, e que pudesse impor tudo. Agora, o por que de ensinarmos nossos filhos, á olharem para uma pessoa, e a julgar de bonita ou feia; de estranha ou normal; de branca,parda,amarela ou preta; de hetero,homossexual,bissexual; de emo, gótico, roqueiro, rapper, cocota, playsson.
Mas o problema é quando, tais diferenças se tornam um ato de moda, e de "exculaxo" humano, ou das pessoas serem o que são, sem saberem o que são de verdade (?). Como, pessoas, que por verem o que se passa na TV, se acham no direito de seguir tal estilo, sendo que, tal estilo, quando parar de passar tal programa ou comercial, largam aquilo e decidem seguir outro estilo, e ainda defendem aquele estilo enquanto o seguem, mas se virarem outro estilo, "exculaxão" o estilo anterior.
Isso, vira uma forma de preconceito enorme, as pessoas deveriam ter conciência de que nem tudo que se vê na TV é exclusivamente verdadeiro e bom. E que, se você está disposto a assumir um estilo, ou alguma atitude de vida, que seja de verdade, e que realmente conheça toda a história daquele movimento, ou opção, que largue a mão de seguir opiniões alheias e crie a sua.
Agora, não incentive ninguém, a ser preconceituoso, e se você é, lembre-se dos pobres judeus que morreram no campo de concentração por causa de um preconceito idiota do Nazistas.( leiam "a menina que roubava livros" ilustra bem essa situaçao), e se você que é preconceituoso não gosto da atitude, pare de ter preconceito!.
E a opção sexual dos outros, não deve ser motivo de achar algo nojento, ou de ignorar alguém. As pessoas não deixam de serem pessoas por suas escolhas.


P.s: eu demorei para escrever esse post, e axo que acabei misturando diversos assuntos.

domingo, 27 de junho de 2010

Poluição e atitudes idiotas.

(foto: Alexandre)

Diariamente podemos observar noticias e acontecimentos relacionados à poluição, mas, o que não levamos em conta é o quanto deixamos esses problemas de lado, e jogamos a culpa no governo, esquecemos que nós que fazemos parte do mundo e que apenas nós podemos evitar tudo, que somos uma população capaz de fazer um grande protesto de se unir e de tentar acabar com toda essa poluição, esse desmatamento, essa catástrofe ambiental.

A cada dia que passa, podemos observar que num dia de chuva, mais uma cidade foi alagada, que o lixo “bóia” no meio de tudo aquilo, vemos, casas sendo destruídas pelo desmoronamento de terra, que simplesmente, caiu sobre uma casa que não devia estar em tal lugar, agora, vemos pessoas morrendo, por motivos simples, A poluição, a ação do homem, o gosto de querer popular, e não ligar para nada, o egoísmo humano.
O problema, é que decidimos mudar algo, quando algo de grave acontece com alguém próximo a gente, quando vemos um vizinho ser vitima de uma enchente que aconteceu em tal bairro, e ele foi levado pela correnteza e morreu, ou quando um parente nosso, diz simplesmente, que certo ponto está desmoronando e ninguém faz nada para resolver, e mesmo em tal situação de risco, ninguém se importa se vai cair e vai ocasionar na morte de tal pessoa.
Agora, observamos rios que brilham por causa da poluição, e o homem tenta parar com tudo, construindo barreiras para que a água não polua ainda mais, e que não importa se os peixes que estão ali morram, tudo que importa é tentar proteger a espécie humana da água que brilha, e ainda, só tentar acabar com o “problema” por que a população depende daquela água, pois caso contrario, deixariam aquele lago ainda mais “imundo”.
O pior de tudo, é construir casas em locais de risco, e nem ao menos fazer nada para dizer “pare, você pode morrer”; e ainda, utilizar do solo, apenas para a alimentação e muitas vezes jogar nele produtos tóxicos que acabem com toda a “resistência” dele, tornando ele inutilizável, e ao invés de criar maneiras de reaproveitar tal lugar, resolvemos achar outro lugar para repetir o mesmo processo, mesmo que tal processo seja “legal”, ainda existem muitos locais que utilizam do solo como algo “clandestino”, utilizando fertilizantes “fortes” demais para o solo, ou até mesmo para o alimento que se faz ali.
Agora, vemos tantas pessoas morrendo e tomando atitudes erradas, e não fazemos nada. Mas, espero que, o exemplo de Santa Catarina, do rio Tiete de São Paulo, ou até mesmo o rio Tai da China, ou até mesmo da garota de 13 anos que morreu vitima de desmoronamento na Zona Sul de São Paulo, sirvam para mostrar o quanto estamos errando, e que devemos, logo, fazer algo para mudar essa situação.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Caros leitores, mais uma vez, lamento informa-lhes, mas por um periodo de tempo, ficarei sem postar aqui, motivo : Semana de provas do técnico.(em informática xD).
Bem, começa hoje, dia 24/06 e acho que provavelmente semana que vem já termina (lógico), mas, no dia 01/07 haverá prova também, e essa cairá tudo, tudo mesmo, e vai ter a prova do técnico e a do ensino médio, no mesmo dia para variar ¬¬'.
Bem, é isso. Quando eu tiver um tempo eu posto aqui, talvez no final de semana, mais vou ter que estudar para a prova de segunda, e ainda vou ter que fazer algumas atividades para alguns professores que me deixaram com uma nota vermelha ¬¬' (foi apenas 1, e eu não estudei na semana de provas, e tirei bastante nota AZUL).
Ah sim, queria agradeçer á Natalie e a Carol, por terem paciência em me ensinar gramática ( parece mais um bicho de sete cabeças, que quer te devorar por você não achar os malditos predicados, ou simplesmente, tentar identificar os verbos diretos e indiretos ou os transitivos diretos e indiretos, e o pior de tudo é quando se tornam os dois na mesma frase, e você quase morre. Kk')
Mais uma coisa, Não vejo a hora de chegar as férias. Ah sim, dia 4/07 eu vou fazer outra prova, mas essa é para ver se eu consigo entrar na faculdade (brincadeira, é so para mim treinar para poder saber se eu vou conseguir entrar na faculdade,ano que vem. ¬¬') e depois disso, eu acho que vou passar as férias estudando, por que eu percebi que estamos meio atrasados na matéria no ensino médio :S.
Afê vou estudar ;*

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Ir embora.

É tudo tão confuso e sem lógica num momento desejamos tanto, sumir, desaparecer, rir alto, gritar com alguém, mas de repente, nos resumimos num simples sentimento, o de querer ficar sozinho, isolados do mundo. É, não importa o que aconteça, tudo sempre se resumi no fato, de querermos nos preocupar, no amor, no que ele se resume, no que vai acontecer, se vamos achar alguém, talvez, a felicidade ande de mãos dadas com a tristeza, por que, uma hora ou outra, sempre tem um força mais forte nesse meio, seja ela, uma pessoa, uma atitude, um pensamento, sempre tem algo ali, que estrague tudo, que acabe com tudo.
Quem foge do amor, foge da felicidade, quem foge da felicidade, encontra a tristeza, e de lá talvez não saia mais, estamos perdidos? talvez...nós dizemos "Eu te amo" como se fosse "Bom dia", tudo acabou nisso, se resumio nisso, num conto de farsas, que temos que esperar até o fim, para ver o que vai dar, mas talvez, eles nunca encontrem os "Felizes para sempre", e agora, ficamos perdidos num mundo de maldades, de obscuridade, de pessoas obsoletas, sem razão que não se importam, e como achar quem seja assim? é impossivel saber, é impossivel negar, é impossivel descobrir, é só uma questão de tempo de atitudes, estamos perdidos, eu quero fechar os olhos mas não posso, eu devo, abri-los, e parar de tentar fugir, de esqueçer as coisas, por que, a unica coisa que vou conseguir, é me deixar mais triste, eu quero é lutar, acabar com tudo, dizer para meus filhos, que ainda existe futuro, que ainda podemos, que nem tudo que vemos é a verdade, que podemos mudar tudo, mesmo que custe, um longo tempo, nós podemos, sim nós podemos, por mais que demore, e por mais doloroso que seja. As pessoas tem medo de se machucar, mas sem se machucar, que graça teria, viver?.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Abandonar.

É tão difícil ver que uma pessoa, que já esteve do seu lado, te fazendo feliz, estar do lado de outra pessoa, passando aquela mesma mensagem de felicidade.
Mesmo que seja duro, rever todas aquelas fotos, e lembrar que tudo foi tão glorioso, é preciso "largar a mão" de tudo. Mesmo que isso te acarrete numa longa depressão, acredite, é temporário. Você pode, mas não chore, não se esqueça, você fez o possível para aquela pessoa ser feliz.
Abandonar algo, é tão difícil e duro, que te deixa com um vazio no peito, mesmo que seja temporário, as imagens vêm, os pensamentos voltam, a felicidade se torna em lágrimas, o coração bate, e seus presentes ali guardados, talvez devam voltar para o lixo, devam sumir, assim como você.
Esqueçer, abandonar, é difícil, mas não impossível, pode doer, mas é o melhor, a sua felicidade em primeiro lugar. Botar a mão no peito, sentir o coração exclamando por tua volta, mas pense, não, você não pode voltar, jogue tudo para o alto, e se esqueça que um dia fez feliz essa pessoa, viva uma vida nova, mas não espere o fim do ano chegar, para fazer metas, começe desde já.
Abandone, tudo que te traz saudade, e que te dá vontade de errar, deixe, que tudo se torne, mas não faça de tudo uma "bola" de saudades e recordações, refaça ela, recomeçe do zero, e delete a maioria das coisas. Mas não deixe de lado, os seus amigos, sim, eles que fizeram grande parte dessa "bola" e ainda vão fazer.
Então, abandone. Mas, não se reprima, um dia, tudo volta em dobro, e você vai ficar ainda mais feliz. Mesmo que demore, acredite.

sábado, 19 de junho de 2010

Jogue os sentimentos no lixo.

Principalmente aqueles que não te fazem bem, jogue fora o ciúme, a gula, tudo que te deixa mal. Não estenda a mão ao que sempre te deixou triste, ou que te tornou num vício. Esqueça dos problemas, rie das coisas alheias, procure na internet tirinhas, leia, se divirta, mesmo que pareça impossível, se torne.
Jogue os sentimentos no lixo, esqueça que eles existam, deixe-os de lado, se divirta. Esqueça de tudo, esqueça. Dê um pouco mais de valor, as coisas sem sentido, rie das coisas alheias, se divirta, por que quando você ficar mais velho vai dizer " por que eu me preocupei tanto?" Viva, mas saiba o que escolher, e esqueça que um dia ficou triste.
Jogue para o alto seus problemas, mas faça de tudo, para que eles voem o mais longe possível, e não se esqueça todos tem problemas, e nem todos precisam de mais.
Pule, voe, se jogue, rie, caia no chão, se levante, e refaça tudo, por que um dia, você vai rir cada vez mais, e vai querer voltar tudo.
Seja, cresca, erre, mas não se arrependa, jogue tudo no lixo. A sua vida é única.

"Dias de glória".

Bem, eu to um pouco sem criatividade e assunto para postar esses dias, tô esperando "inspiração".
Bem, ontem dia 18/06 teve festa junina na minha escola, e sabe, foi muito legal, eu revi uma amiga que á tempos não via. E me diverti muito com minha outra amiga (natalie). Mas é melhor nao comentar essa parte. ;x
Bem, eu fiquei a festa inteira trajada de "garota do araia" e ainda tava com um macacãozinho de quando eu tinha 10 anos, da Lilicaripilica(?), ele é todo florado e rosa *-*, e ainda não creio que servio em mim, mas ficou super apertado na minha bunda. Mas servio.
E realmente, eu odiei dançar.....eu não entendo muito, e acabo trocando todos os nomes, como aquele tal de "Balance"....
Ah sim, eu consegui ficar com um rapazinho que eu queria ficar faz um tempinho *-*, mas ele não sabia ;x. Tipo, foi muito legal, pq eu tava ajudando a montar barracas, e a organizar as coisas para a festa junina (tava muito quente). E na hora que eu tava indo embora com a Pah, A natalie *-*, e a nayara, eu vi ele *--*, e não resisti fui falar com ele, e ele não ia na festa, e pá, aconteceu ;x ahuahuahauhaua. ( se ele ler isso capaz de me matar O: )
Porra, as vezes eu axo que eu sou muito cheia de "carencia", nao resisto,tenho que ficar com alguem, mas como eu disse só vo fikar com quem eu gosto \o.
Ah sim, e na hr que eu tava indo embora com a Pah, e a natalie, a gente passo numa "faixa de pedrestre" sem olhar, e eu disse "Imagina, se vc's são atropeladas, vc's não sabem se o cara tá: Drogado,bebado, MACONHADO..." nessa hora a gente começo a rir muito, *-*, foi muito legal ;D


quarta-feira, 16 de junho de 2010

Por motivos inesperados, meu msn parece ter sido vitima, de algum "Hacker" ou algo do genero, mas ele não está entrando, e peço que adicionem o meu outro: li_i2009@hotmail.com

terça-feira, 15 de junho de 2010

Machismo.

Idade da pedra, os homens dominavam, conquistavam as mulheres, puxando-as pelo cabelo, pouco se importavam, queriam dar um "futuro a geração".
As mulheres, descobriram que eram mais delicadas, e assim, começaram a produzir, faziam comida, davam banho nos filhos, cuidavam da casa.
Os homens, saiam de casa iam em busca de sustento, e ao verem um "par de saias" ignoravam o fato de terem uma mulher, e logo se esbanjavam de luxuria.
A mulher, percebeu que podia fazer algo, então, começou a trabalhar, ( se eu não me engano foi na segunda guerra mundial), os homens, estavam na guerra, morrendo, e elas, não tinham com o quê sustentar os filhos e começaram a trabalhar. Foram criados direitos.
O homem, mostrava toda sua força, ia para a guerra, lutava, via outros morrendo, mas não chorava, voltava para casa, e percebia que sua mulher estava, fazendo algo, que somente ele fazia, TRABALHAR. Foi uma derrota e tanto.
Agora, as mulheres, conquistaram um espaço e tanto no mercado de trabalho, e provaram que conseguem sim, serem melhores que os homens, infelizmente, nem todos os direitos criados, são respeitados, e não é culpa da mulher, engravidar.
Entretando, algumas mulheres, conduzem suas filhas, á continuarem com o pensamento passado, de que devem viver a base do homem, e que se forem estudar, que estudem mas não façam nada, que aprendam a serem donas de casa. Estamos em pleno século 21, e ainda, parte das pessoas, não abandona sua maldita crença de que as mulheres são inferiores.
E os homens, agora, talvez, tenham que lutar muito, e aprenderem a se "virar", pois nem todas as mulheres, vão querer lavar a roupa suja, e nem ao menos fazer comida, e cuidar dos filhos.

Pessoas.

Algumas delas, foram feitas para serem robôs, e trabalharem incansávelmente em algo, para aderir a uma meta, que ainda nem sabem que existem, e o pior de tudo, é ter sua vida inteira, tentando atingir tal meta, sendo que ela está em constante mudança.
Outras, já foram feitas, para sorrirem e serem expontaneas, sem preocupação, e que se algo de ruim acontecer, não ligam.
Algumas pessoas, em certos momentos, atinguem um nível de felicidade tão incrível que nem se importam com o que os outros pensam, mas tornam tudo engraçado, e divertido. Mas, algumas pessoas, não se satisfazem em ver alguém feliz, e fazem de tudo, para irritar o máximo possível essa pessoa, tornando ela, num nada.
Outras pessoas, já foram feitas, para serem amigas, presentes, mas, existem tantos amigos, alguns servem simplesmente para os momentos difíceis, outros, já servem para diversão, outros, apenas servem para ouvirem e expalharem, alguns, servem para serem fiéis, outros já não.
Mas, que diabo de pessoas? são tão diferentes, mas algumas sempre aparecem e estragam as coisas. Tudo deveria ser tão simples e fácil. Mas nada é. Sim, cada um se indentifica com uma forma de pessoa, mesmo que diga "Não! eu jamais me envolvi com alguém falso" está errado, você nunca sabe, o que se passa na cabeça do outro, o que aquela pessoa fala de você, tudo está em constante mudança, até você, vai mudar, e vai perceber que, pode acabar se tornando seu pior pesadelo.
Mas o que não se pode fazer, é deixar de acreditar, de querer realizar, e não seja otimista, seja mais realista, não iluda seus filhos, não seja otário, acredite no que seus olhos veem, eles são mais verdadeiros que sua mente.
É as pessoas, são diferentes, estranhas, legais, zoofilicas, taradas, com algum estado de alteração na cabeça, não ter pernas, não tem braços, sofreram um acidente, morreram, perderam um parente, passam por situações dificeis, mas NÃO DEIXAM (deixaram) DE SER PESSOAS.

domingo, 13 de junho de 2010

"Meu dia."

Post inutil.

To com um pouco de preguiça de postar hj, pq amanha tem prova de "Filosofia e matemática" e até agora eu não estudei, e nao to muito afim de estudar, realmente, eu quero estudar só para a prova de biologia.
AHh sim, ontem teve jogo interclasse e meu time "Jamaica" perdeu de 4 á 0 para o time "Estouro do norte", e hj, teve 2 WO ou foram 3?,bem infelizmente, o meu time nao pode ganhar do time que deu WO pq nos tinhamos apenas 4 jogadores presente e tinha que ter 5 (FUUU)
Bem, e eu mudei totalmente meu estilo de vida (axo) decidi que vo fikar com qm eu gosto (todo mundo) hauhauahau (brincadeira).
Mas, o foda de tudo é q, eu vo dançar quadrilha na sexta feira, e nao tenhu ropa,e to pensando em ir com uma que eu odeio, que é listrada so que ela aperta demais os peitos, aii fika mto estranho '-'.

bem é isso, eu vo postar aki quando eu tiver tempo, pq semana que vem tem prova do tecnico e nessa semana sim eu vou estudar, e ainda tem um trabalho que largarao na minha mao para mim fazer e meu office nao ta funcionando (WTF?)
E eu descobri que meu olho tem duas cores..... de manha ele é um castanho bem escuro, e de noite ele é preto *-*

e tem um outro vidio meu.
http://www.youtube.com/watch#!v=oBygJ9mBXiw&feature=channel


agora poko eu fui comer alguma coisa,, aii eu queria tomar coca-cola com halls, so que nao tinha coca ¬¬'
ahh e ota coisa, meu irmao deu um soco na minha barriga, e por incrivel que pareça, eu arrotei.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Beijo.

Uma demonstração de afeto, que envolve uma parte do teu corpo, uma forma de sentimento, um gesto de carinho. Os lábios se precionam uns contra os outros, as mãos percorrem o corpo, os olhos se encontram após uma breve pausa, um sorriso saí, a atividade volta, os lábios se encontram se torna tudo maravilhoso.
Mas, quando, não há sentimentos, não tem o por quê de você simplesmente, "botar" a sua boca, na uma de um desconheçido, qual é a graça? a de emagrecer?. Simplesmente, beijar alguém, é para saber que no dia seguinte aquela pessoa também vai estar pensando naquele beijo, vai ficar tocando seus lábios com as mãos, apertando o travesseiro, sonhando com que aquilo aconteceça denovo.
É uma boa sensação, que domina todo o corpo, que nos torna ativo, que nos deixa feliz, mas não beijar por simplesmente beijar, beijar, para saber, que vocês tem algo em comum, que se gostam, que querem denovo, que vão experimentar isso.
Não há razão, de beijar alguém, só para saber se esse alguém beija bem, ou simplesmente, se ele vai fazer algo a mais com a boca, o que importa, é saber a ação e a importância que tem esse beijo, saber, que nenhum dos dois vai o esqueçer.
Desvalorizar um beijo, é como, banalizar todos os sentimentos, no mesmo instante, e esqueçer que você é um ser humano, que odeia sofrer, e se você gostar, não faça o mesmo com os outros, ninguém precisa se iludir, por você.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Bem leitores, vou ficar uma semana sem postar algo aqui, estou entrando em semana de provas, e quase não tenho tempo de estudar, não por que eu fico na internet, mas simplesmente, por que tenho alguns compromissos de tarde, e simplesmente, essa nesse horario que eu postava. Dessa forma, quando possivel eu dou uma passada aqui, e escrevo algo. Bem, minha semana de prova começa amanha (11/06) e termina dia 18/06. E depois no dia 2/07 vai ter "simulado", então as coisas vao ficar meias complicadas para mim, por causa do técnico que tambem vai ter semana de provas, e provavelmente será depois da do Ensino Médio. Mas eu vou tentar postar.

Ahhh sim, eu estou muito muito feliz. ;D

até a próxima.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Toda criança.

Um dia resolveu fingir que era adulta, que a sua vida era baseada, apenas nas brincadeiras, na mãe atenta que sentava do seu lado, para dizer o quão bonitinho(a) ele(a) era, nas crianças que queriam correr descalços pela rua, nas risadas alheias vindo das brincadeiras com bonecas, nos pensamentos que não tinham culpa.
Agora, todas as crianças, que pararam de brincar de boneca(ou personagens de ação), descobriram que o mundo é baseado apenas, em ser superior que o outro, em sentir inveja de algo, em querer ser legal, em querer ser falso.
O pior, é ter que correr dos perigos, as pessoas estão perdendo a infância, pois, tem que ficar atentos para não serem vítimas de tarados, ou simplesmente, de terem os pais esquartejados(?), ou simplesmente, que sua casa desmorone por causa de um deslizamento. Mas o pior, é ter que aguentar o mundo cair sobre a sua cabeça, questionando o por que de você não ser tão bom.
Toda criança deveria ter o direito de aproveitar ao máximo sua infância, pois, é a única coisa, boa que essa pessoa vai querer lembrar, ou vai se arrepender de não ter feito, pois, toda criança não tem muitos problemas, mesmo que os pais briguem, que o mundo se vire, o que importava, era ter do lado, um amigo, um ursinho de pelúcia, um cobertor antigo, correr na rua e "lascar a sola do dedão" (?).
Podiamos chorar, mas no dia seguinte, iriamos nos levantar, e voltar a mesma rotina, nada era exigido, nada. Agora, crescemos, e temos que fazer tudo o que nos mandam, deixamos de aproveitar a vida, por que temos que fazer parte do mundo capitalista, a imaginação já nem existe mais, o dom de querer viver a cada dia, está se perdendo.
Mas, quem disse que a infância se perdeo e que não podemos tentar mudar tudo, esqueçer um pouco o mundo? Se ele pode nos atrapalhar, por que, não podemos esqueçê-lo? É eu queria que a minha infância voltasse, por que agora, eu espero chegar aos 18 anos, e ainda ter o que querer viver, sem ter que realizar a vontade dos outros.

domingo, 6 de junho de 2010

Ele resolveu esqueçer.

O rapaz de olhos arregalados, grandes, e magro, de uma aparência nada tradicional, decidio amar uma garota, que durante 6 meses eles ficaram juntos, até que os pais da garota, resolveram separá-los, mas pelo fato, da garota ter feito algo de errado, ter corrido de mais atráz do rapaz, eles quase nunca se viam, ela , sempre dava "bolos" no rapaz, deixava ele esperando horas por ela, e ela quase nunca aparecia nos locais que combinava, mas ela não fazia isso por que queria, e sim, por que os pais a impediam de ver o rapaz. Era o dia do aniversário da garota, e ela recebera um intimação dos pais, que deveria terminar com o rapaz, ela não sabia o que fazer, por um lado, ela poderia não terminar, mas por outro, ela nunca mais o poderia ver, a garota, nunca teve coragem de impor algo, e então deixou-se levar pelas escolhas dos pais.
Ela chorava no ombro do rapaz, com a cabeça completamente suja de ovo ( sim, os amigos, tendo conciencia que a garota iria terminar com o namorado, tacaram ovo nela), eles, ficaram ali, durante alguns minutos, se questionando da vida resolver separá-los, de que resolveriam fugir, mas o rapaz, não queria isso, dizia para garota, que tudo ia ficar bem, que nada poderia separá-los.
Passaram-se alguns meses, e eles resolveram se encontrar, escondidos, o rapaz dizia, que não queria esconder nada de ninguém, a garota, tremia, por que ela sabia que se ele enfrentasse o pai dela, nada acabaria bem. Então, decidiram ficar assim, ás escondidas, mas era raro, os dois se encontrem, pois a garota, não podia sair de casa, sim, um adolescente, tracada em casa, por que os pais obrigam.
Até que, num certo dia, a garota notara algo estranho no rapaz, e então, decidira terminar tudo mais um vez. É, ela talvez, estivese enganada, mas o rapaz, estava estranho, mudara muito.
Então, após essa despedida, horrivel, ambos, se encontraram após 4 anos e meio, numa festa popular da cidade, a garota não sabia o que fazer, então, resolveo conversar com o rapaz, ambos, ficaram sozinhos, próximos á um caminhão, e a garota olhou profundamente nos olhos dele (ela nunca conseguira olhar nos olhos dele) e disse: "Eu não te amo mais, e quero que você me esqueça." o rapaz, ficou imóvel, e depois simplesmente disse: "Eu não posso fazer isso, eu te amo".
Os dois ficaram alí discutindo o amor, até que a garota se convenceu que não poderia forçá-lo a não amá-la. A mãe da garota, ligara inumeras vezes no seu celular, e já passara da meia noite, a garota simplesmente, resolveu ignorar as chamadas perdidas, e resolvera, voltar para casa, com sorte, o rapaz decidio acompanha-lá (mesmo depois de tudo isso? ela pensava).
Ao longo do caminho, ela parara, e olhara novamente nos olhos dele, e se perguntara incansavelmente no caminho "Eu ainda o amo?", e sabe, ela olhou para ele e somente disse: "Quer saber, eu te amo sim!" e o beijou.
Mas, agora a garota pensa, e se pergunta se fez a coisa certa, por que, agora, ela acha que o rapaz a esqueçeu como ela mandara.

"Tudo pode piorar".

Caros leitores, ignorem o post anterior, sim ignorem, não tem como ficar 100% feliz. Sim, por mais idiota que eu seja, eu errei mais uma vez, magooei uma pessoa muito importante, o pior, é que eu ainda não sei como, mas, eu sei que trai a confiança dela, e sabe, essa é a pessoa que eu jamais queria ver brava comigo, bem, espero que tudo de certo ( e eu sei que não vai dar), amanhã, vamos conversar, e adivinha, eu não vou ter coragem de olhar para pessoa, de ouvir que ela se decpiconou comigo, de que está brava comigo, que porra eu fiz?... realmente, estou morrendo de medo, eu acho, que só erro, foi um erro mudar de escola, foi um erro me interagir com as pessoas, mas, de qualquer forma, essa pessoa, é a ultima que eu queria ver partir, ficar brava, poxa, eu quero ajudar ainda mais essa pessoa, quero tar do lado dela.
Seria ironia do destino nos separar?, ou seria minha ironia, não levar à sério as coisas?, seria um problema eu chorrar por perder talvez alguém que marcou? Realmente, eu estou confusa e perdida, talvez, a gente erre muito ás vezes, mas por deixar que os outros gostem da gente?.
Mas, por um lado, se vc quizer fazer todo mundo feliz, é impossivel não é? realmente, a gente sempre magoa os outros, mesmo que pareça tudo "claro".
Porra!

sábado, 5 de junho de 2010

"O nome disso é felicidade."

Todos os posts que tiverem aspas (") serão de algo em particular.
Pois bem, cara eu tô muito feliz, se num tem noção do quanto eu to feliz, sabe por que? Por que depois de eu tentar "correr atraz de alguém", e essa pessoa dizer não para mim incansávelmente, eu encontrei uma pessoa muito Rox, sabe, lembram da festa do preto e branco que tinha sido uma bosta? então, pensando bem, até que não foi uma "bosta" completa. Tipo, eu fiquei ( estranho falar isso, parece que tá lidando com cachorro, "Fika aki rex"O: ) apenas uma vez com essa pessoa, mas de certa forma, ela mexeu comigo (fazia 4 anos e meio que não sentia isso). E eu tenho medo, que nada dê certo,mas que se foda, eu vo aproveitar.
Parece que tá dando tudo certo *-*, poxa, alguns problemas acabaram ( leiam o post "Malditas escolhas") e sabe, eu tô muito bem, apesar de tar chegando a semanda de provas.
E, sabe, eu virei mesária de um time de futsal do curso técnico (nem sei oq fazer), o nome do time é "Jamaica", e sabe, ganhamos o primeiro jogo de 9 à 2 ou 3, nem lembro, só sei que foi 9 a isso. E hoje, ganhamos outro, do time "Garapanos", ganhamos de 9 à 4, cara, eu to muito feliz :D
E então, para o povo que adora estragar a vida dos outros, parem, isso não é legal.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Um dia descobrimos


que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem. você não só não esquece a outra como pensa muito mais nela. um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável. um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples. um dia percebemos que o comum não nos atrai. um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas". um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso... um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais. enfim. um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito... o jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras.

Mário Quintana

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Somos Loucos.

As pessoas, talvez sejam consideradas loucas, sem explicação, malucas, fora de rumo, mas, será que nós não temos um pouco disso? Podemos afirmar que o louco seja aquele que diz, que nunca vai gostar de ninguém, que pouco se importa com o que as pessoas sentem, que quer apenas vivenciar a vida, o dia, a cada instante. Ou seja louco, aquele que busca, investigar coisas fora do normal, busque um explicação para a "loucura humana" ou o simples, fato, de terem sidos "criados" crenças, de se acreditar em algo " do além", de querer descobrir o novo, do antigo, de querer solucionar o mundo, tentar resolver os problemas, de querer criar um novo mundo.
Que diabos estamos fazendo? Julgamos tanto as pessoas, mesmo que não a conheçemos, ou á conheçemos, acabamos julgando elas, mas, quando somos julgados, nos achamos no direito de gritar e dizer "Pare!, você está errado." é, mas, você também poderia estar, não é? É tão fácil julgar, mas é muito complicado estar fazendo parte daquilo, de ser julgado.
As pessoas abaixam a cabeça, quando são criticadas, quando são ignoradas, quando não são entendidas, mas, não é bem assim que funciona, eu queria um mundo um pouco mais realista, mas, talvez, o otimismo e o pessimismo ajudem um pouco, a criar uma realidade, talvez mais verdadeira do que muitas.
Somos loucos, de imaginarmos coisas, somos loucos, de querermos futuro, somos loucos, de gostarmos de música, somos loucos, por queremos independecia, somo loucos, por querermos mudar algo. Talvez, sejamos mesmo, por que, quando alguém, desvaloriza nossos costumes, nos achamos no direito de criticar tudo, de dizer que essa pessoa está errada. Mas não, é uma questão de gosto, de ser louco, de uma forma diferente. Mas, tem aqueles que se adquão á forma de cada um, e aqueles, que nunca mudam.
Todos nós temos um pouco de louco, todos nós criticamos, todos nós erramos, aprendemos, nos transformamos, nos tornamos, mas talvez, não crescemos, apenas aprendemos, mas, não pensamos, somos loucos, por julgar algo, mas não usar as palavras certas, somos loucos.
Sim, somos loucos, por que, a maioria de nós apenas diz, não faz, não sabe impor realmente, o que queremos, nos julgamos espertos, mas não, por que não usamos palavras, apenas xingamos, e excluimos os outros. Somos loucos.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

21 guns.

"Você sabe pelo que vale a pena lutar, Quando não vale a pena morrer? Isso te deixa sem ar? E você se sente sufocando? A dor supera o orgulho? E você procura por um lugar para se esconder? Alguém partiu seu coração por dentro? Você está em ruínas.
Um, 21 armas.Abaixe suas armas.Desista da luta.Um, 21 armas.Levante os seus braços.Para o céu.Você e eu
Quando você está no fim do caminho.E você perdeu todo o senso do controle.E seus pensamentos aceitaram seus pedágios.Quando sua mente quebra o espírito de sua alma.Sua fé caminha sobre cacos de vidro.E a ressaca não passa.Nada foi feito para durar.Você está em ruínas.
Um, 21 armas.Abaixe suas armas.Desista da luta.Um, 21 armas.Levante os seus braços .Para o céu.Você e eu
Você já tentou viver por conta própia?Quando você incendiou casa e o lar?Você ficou próximo demais do fogo?Como um mentiroso buscando o perdão de uma pedra.
Quando é tempo para viver e deixar morrer.E você não consegue tentar de novo.Algo dentro desse coração morreu.Você está em ruínas
Um, 21 armas.Abaixe suas armas.Desista da luta.Um, 21 armas.Levante os seus braços.Para o céu
Um, 21 armas.Abaixe suas armas.Desista da luta.Um, 21 armas.Levante os seus braços.Pra o céu.Você e eu"

Realmente, eu adoro esses caras, e essa música, em inglês é mais legal.

" Malditas escolhas"

Bem, como eu disse, todos os post que tiverem aspas("), serão de algo em particular.
Bem, eu estou muito confusa, e eu errei muito com muitas pessoas, mas eu sabia, que a "bomba" iria cair sobre a minha cabeça, sim, eu erro, eu faço escolhas erradas, talvez eu não tenha futuro, seja uma amiga falsa. Mas, não, eu não quero ver ninguém triste, eu queria, tentar fazer algo certo, ou não, mas sabe, quando, você não conheçe porra nenhuma, e sai por ai falando as coisas. Realmente, eu tô puta da vida comigo mesma, é em momentos assim, que eu queria voltar a ser a garota solitária da escola, que sentava no fundo da sala, eu não sabia da vida de ninguém. E eu quero isso de volta.
Sério, des de sexta feira, as coisas só andam de mal a pior,e eu estou contribuindo para isso, poxa, eu não queria ter feito tantas idiotices, não devia ter falado nada, mas agora já foi né?. Porra, realmente, não queria que ficasse esse conceito de "Você é falsa,acabou com minha vida, obrigada, agora estou pior ainda." O pior, é que sempre tem um circulo no meio disso, e duas peças sempre caem, e eu sempre sou a primeira, ou a ultima a cair.
Eu me importo muito, com o conceito que as pessoas tem de mim, até pq, eu nao tenho mta conciencia dos meus atos, e sabe, eu fiz tudo, muito " as pressas". que maldição.
Mas, eu sei que eu errei, não é fácil, ficar 01:00 pensando oq vc vai dizer para a pessoa, e tentar saber a cara que ela vai fazer, e o pior de tudo, é que mesmo que vc tente concertar, essa pessoa nao vai mais "sentir" o mesmo de antes.
porra, eu fudei com tudo!!!. Mas, eu vo tentar concertar, eu prometo, mesmo que vc ainda me odeie, me considere tudo de ruim, eu vou arrumar, eu nao devia ter feito isso, nao queria ver ngm triste. Sabe, o problema, de ser alguem, feito para ajudar os outros, é que vc magoa todo mundo.
O pior de tudo, é saber, que a pessoa já estava com problemas, e eu só piorei as coisas.
Eu me odeio. Obrigada.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Crimes.

"Páh,Páh,Pá", lá se vai mais um dizia o velho homem, as pessoas estão condenadas nesse mundo, por um simples motivo, todos saem as pressas de casa, para matar alguém, ou para correr dos tiroteios. As crianças não saem mais de casa, por que, tem medo que algum pedófilo, estrupador as pege, e faça tudo de pior com elas. Elas, aprenderam desde cedo, que não podiam ficar na rua até mais tarde, por que, alguem sempre aparecia e as enfiava dentro do carro, e as levava para longe, um lugar desconheçido, um dia depois, achavamos mais um corpo, mais um rosto triste, e solitário, de quem sofreu.
O velho homem, fumaça seu cachimbo, e sempre contava a mesma história, e via ela se repetir todos os dias, "Páh,páh,páh" lá se vai mais um.
Os noticiarios, já não tinham mais graça, era tudo sempre igual, um homem bomba aparecia, e matavam 2000 pessoas, e ninguém mais se comovia, era tudo tão normal. Ficavam todos em casa, evitando sair para a rua, por que sabiam, que podiam morrer, o mais rápido possivel.
Era dificil, para o velho homem ver aquilo todos os dias, justo mais, por que perdeu tantas filhas, sobrinhas, netas, num desses tiroteios, ou vitimas de estrupos. Ele estava cansado, e sempre queria sair para a rua, para ver se algo mudava, mas não podia, ele tinha medo, e queria que sua familia voltase, por mais que ele tivesse avisado, todos se foram, ninguém voltou, ele estava sozinho.
Ninguém fez nada para mudar isso, nós, só assistimos as noticias, e ficamos tristes, dizendo "coitados, que dó" mas nem ao menos, nos preocupamos, e pensamos que isso pode acontecer conosco, que deveriamos tomar medidas mais drásticas para crimes assim, talvez, a pena de morte tivesse resolvido tudo.
Mas, ninguém pensa no futuro, todo mundo quer viver o agora, e daqui a pouco, vão perder pessoas importantes, e só vão dar valor a "justiça verdadeira" quando perderem tudo, e serem forçados a viver confinados numa casa. Não, não é justo, ver um homem roubar pão, ser preso, com alguém que matou mais de 100 pessoas, e que ao sair de lá, o homem que roubou o pão, vai dizer " Vou morrer de fome", enquanto o homem que matou 100 pessoa vai dizer "A festa está só começando". É um absurdo não é?.
Agora, o velho homem, luta, para ver se consegue, livrar as pessoas que roubão pão das, maõs de pessoas, que mataram mais de 100, talvez ele não consiga, mas ele vai tentar, ele não quer ver alguém morrer por querer viver, mas quer ver alguém sofrer, por matar alguém, e dar risada do que fez. Talvez, o velho homem, não esteja mais vivo, quando conseguir realizar seu sonho.

Não fique de pernas para o ar.

Nem, todo o tempo do mundo se perdeu. Nem todo mundo já morreu, não se preocupe, não fique louco, não fique triste.
O mundo se voltou, mas ainda está parado, nem todo mundo te entende, nem todo mundo sorri, você se faz de louco. Não fique de pernas para o ar, ainda há tempo, para tentar recuperar todas as suas perdas, secar as suas lágrimas, dizer que ama alguém, errar uma vez, ficar com qualquer um, dizer que odeia alguém.
Não faça tudo ás pressas, ainda há tempo, por mais que não pareça, você ainda pode, ainda vai fazer de tudo.
Não fique de pernas para o ar, por que, esqueçeu de tudo, deixou o mundo te levar por um segundo, não tire os pés do chão, grite um pouco, chega de guardar tudo dentro de você.
Não se preocupe, não fique de pernas para o ar, você ainda pode tudo. Mesmo que o tempo passe, corra, conquiste, realize, tudo, você ainda pode. Não chore, não se deixe levar, por más influências, você ainda pode, fazer tudo, pode se virar, sentar no chão, chorar um pouco, mas, não se solte, não deixe que te levem.
Não fique de pernas para o ar, você pode errar e se machucar. Mantenha os pés no chão e não esqueça, quem você realmente é, e o que quer.