quarta-feira, 12 de maio de 2010

Eu tenho medo.

Eu tenho medo de revelar o meu segredo, de mostrar quem realmente sou, de contar os meus defeitos, de chorar. Eu tenho medo, que essa muralha caia apedrejada, por aqueles que pouco nos querem felizes, eu tenho medo, de que você se machuce e eu não possa te ajudar, não possa te socorrer.
Eu sempre tive medo, de olhar nos olhos de alguém, pois, todas as nossas verdades podem ser descobertas apenas com um olhar que invade nosso pensamento, e faz-nos seu escravo.
Eu nunca resisti á uma tentação de gritar bem alto, para que você soubesse como eu realmente sou, mais sempre tem algo, que me impede de fazer de tudo, "ah" como eu queria perder o medo.
Não o medo, de pular de bungee jumping, nem de voar de asa delta, nem de pegar numa aranha, e sim o medo, de olhar no fundo dos olhos de alguém que você gosta, ter medo de falar toda a verdade, medo de dizer alguma bestera e a pessoa te "odiar" para vida inteira, medo da pessoa não gostar de você, sim eu tenho medo disso, tenho medo, de superar a minha timidez, medo de tentar mudar.
Mais quem nunca passou por isso? quem nunca gostou de alguém e se iludio tão forte que caiu da muralha? quem nunca sintio vontade de fazer uma amizade e não conseguir? quem nunca quiz sacanear alguém e depois dar risada da brincadeira? quem, quem, que nunca quiz ser um pouco mais conheçido e amado?
Bem, mas nem tudo é um "mar de rosas", sempre tem algo para estragar a nossa felicidade, para nos prender da liberdade, mas, tem sempre um lugar, que será só meu, a minha vontade, a minha determinação, de ir longe, bem longe, na minha cabeça, eu já nem mais existo aqui, na minha cabeça, eu já sei tudo o que eu consegui.
Mas, esse medo, de ser feliz, sempre vai me deixar aqui, por mais que eu queira, quem sabe um dia eu vá conseguir, chegar tão longe, parecer um pouco mais com a garota que tem tanta determinação, mas, talvez esses malditos sonhos que me deixem pensar tão "pequeno", talvez, eu esteja me prendendo na minha imaginação.
Quem sabe, eu deva é ter medo, do que eu sonho, e do que eu quero.

Um comentário:

May disse...

Nossa....Perfeitooos seus textos...Parabéns!!!!